terça-feira, 2 de setembro de 2008

Hoje é dia de Saudade!


Saudade!

É uma palavra que só existe na língua portuguesa.

Saudade bem dita, saudade maldita que se apossa de mim!

Saudade Censurada.

Saudade do que nunca vai voltar e dos amigos que se foram e nem se lembram mais de mim.

Eu hoje estou com saudade das noites quentes de Goiânia.

Saudade da minha Rainha e da nossa prole, Saudade da minha alegria que já nem lembro mais como era...

Saudade de pilotar minha moto que já se foi.

Saudade de um dia ter sido mais puro e ingênuo.

Saudade da primeira Faculdade.

Saudade de não sentir Saudade e principalmente da irresponsabilidade da minha Saudade.

Como gostaria estar com vocês!

Saudade é solidão, melancolia, é nostalgia, é recordar...Viver!

5 comentários:

Nélis Neide disse...

Oh meu amor! Como eu gostaria que você não tivesse sentido isso tudo, que pelo menos eu pudesse estar aí pertinho de te para amenizar essa dor que te agoniza. Mas as oportunidades
são poucas mas a vontade é imensa.
E quando menos esperarmos o tempo passou bem rápido e isso tudo ficou na saudade. Você vai ver.
Nunca esqueça...VOCÊ É A PESSOA MAIS IMPORTANTE NESSE MUNDO PRA MIM TE AMO TE MONTÃO E LOGO ESTARÁS JUNTINHO COSNOSCO OUTRA VEZ.
Beijos

Nélis Neide disse...

Corrigindo a palavra "CONOSCO"

Fagner disse...

Pai, também sinto muita saudade de vc... Muita saudade mesmo... mas assim num vale,... se meu chefe me pegar chorando em pleno espediente fica mau pra mim... mil beijos.

Jodenon disse...

Faça como eu, vá ao banheiro e lave o rosto que ninguém vai notar. Hehehehehe...Só que aqui é casa de banho.
Mas não escrevi para ninguém chorar. Escrevi porque estava com saudade de escrever e me veio a inspiração para escrever sobre saudade e nada melhor do que uma saudade para falarmos dela.
Quanto a você minha Florisbela, anote na sua agenda: 26/10.
Beijos!

Chrystian disse...

Como minha mãe disse:
"E quando menos esperarmos o tempo passou e isso tudo ficou na saudade".

E vai ser logo.
Beijos.
e saudades.