sexta-feira, 8 de agosto de 2008

O Nascimento do primogênito...

Durante os nove meses de gestação, acompanhei cada detalhe e em uma das consultas ao Ginecologista, Dr. Argeu, perguntei se poderia assistir o nascimento do meu filho. Ele me olhou sério e disse: você aguenta o tranco?
Eu na minha peculiar calma, respondi: Claro, sangue não me faz mudar de comportamento.
Ele então autorizou e como minha sogra era enfermeira e iria ser uma das ajudantes dele, fiquei tranquilo.
Posso dizer uma coisa: é simplesmente fantástico ver a cabecinha do seu filho apontando naquele buraquinho outrora tão apertadinho e que derrepente, blum... Parece mais uma flor se abrindo.
Então vejo o Dr. Argeu segurando com as duas mãos a cabecinha dele e procurando ajeitá-lo para que o ombrinho possa passar. Depois da passagem do ombrinho, é como diz um ditado: "Porteira que passa um boi, passa uma boiada". Ele saiu dali como que parecendo uma bola de canhão.
Ao ver o Dr. segurando ele pelos pezinhos para fazê-lo liberar o ar para os pulmões, perguntei se poderia fotografar.
Ele: "Rapaz, você ainda está de pé? Meus parabéns, muitos homens não aguentam o tranco e desmaiam.
Só que eu, sou eu e perereca é perereca.
Fotografei de vários angulos e após o médico cortar o cordão umbilical, minha sogra o pegou e foi fazer a limpeza. Estava todo sujo de uma camada branca parecendo uma graxa. Depois da limpeza foi pesar, medir e dar um banho. Depois a produtora coloca o peso e tamanho em que ele nasceu. São tantos filhos que já me confundi.
Continua no próximo capítulo...

4 comentários:

FAGNER disse...

SE EU TIVER FILHO QUERO VER O NASCIMENTO DELE TB! SERÁ QUE OS MÉDICOS HOJE EM DIA DEIXAM???? E MINHA ESPOSA, SERÁ QUE VAI DEIXAR!!! DEVE SER MUITO DIVERTIDO... SAUDADES PAI!

Nélis Neide disse...

Realmente o nascimento do primeiro filho é muito especial.
E parabéns vc não esquece mesmo os mínimos detalhes.

Beijos

Chrystian disse...

Sei lá...
ver aquele negócio, "outrora tão apertadinho", se abrindo daquele tanto não deve ser uma coisa muito interessante.
hehehe
Mas acho que a vontade de ver o filho é maior...

beijos.

Nélis Neide disse...

Amor, vc se enganou... o nosso primogênito foi o bebê mais limpinho que as enfermeiras de plantão daquele dia e a vovó dele falaram, pois elas nunca tinham visto um tão limpinho de sebo daquele jeito, sempre nascem cheios de sangue e etc, mas o nosso não... veio lindo... gordo, 3.450g 52cm um belo menino forte e saudável choro forte. Mas é assim mesmo para o pai que não é acostumado a ver um bebe nascendo sempre acha estranho. Mas realmente foi emocionante o nascimento do nosso primeiro filho e muito doloroso também que só eu sei as dores que senti é claro... mas acima de tudo muito emocionante. E como amei e amo todos os meus filhos.