domingo, 18 de maio de 2008

Lembra de alguma coisa?

Te amarei por toda minha vida,
Te amo nos seus gestos, te amo nos seus sorrisos,
Te amo na sua voz e te amo no que você é.
Sim! Eu te amo em tudo!
No ar que respiramos.
Num simples cântico de pássaros.
No alvorecer,
No crepúsculo e
Até na morte.
Eu te amo ao sol que explode na luz
Para iluminar a terra e você.
Te amo nas chuvas que caem,
Na vida,
No fim.
Nem mesmo o céu ou inferno podem
Tirar esse sentimento de mim.
Sim eu te amo.
Te amo até nos meus momentos de tristeza
Pois, sua lembrança só me traz alegria.
Te amo também na alegria,
Pois amor e alegria são a própria felicidade.
Mesmo que minha vida seja trevas...Te amo.
Mesmo que o amor se torne extinto...Te amo.
Mesmo que a luz da minha vida se apague...Te amo,
E nem mesmo a vontade dos deuses seriam capazes
De tirar de mim esse sentimento porque.
EU TE AMO.

09.04 .2005

4 comentários:

Nélis Neide disse...

Essa foi uma fase muito boa em nossa vida, de muita paixão...E essa data 09/04 será sempre comemorada por nós pelo resto de nossas vidas todos os anos enquanto vida tivermos foi e sempre será important para nós...
E como diz o poema ... mesmo que a luz se apague... Te amo e Te amarei sempre. É assim que sinto. Beijos, da sempre sua...

Camalleaum disse...

Lindo.

Chrystian disse...

Lembro da época em que o texto foi feito. Você ficou todo orgulhoso de si. Afinal, escreveu algo tõ bonito.
É o que acontece quando sentimos aquilo que escrevemos e enquanto escrevemos.
beijos.

Florence disse...

Que lindo!!!Eu e a Franci lemos,Nycolas também leu.Primo é uma linda jornada de amor e com um final muito feliz,os bacuris que o digam...Beijos mil!!!Da prima Flórence.